Já classificada para a próxima fase, seleção consegue tranquila vitória por 3 a 0 sobre as italianas e pula para a primeira posição

De contestada para a liderança. A seleção brasileira feminina de vôlei, que começou a Liga das Nações cercada de desconfiança após sete pedidos de dispensa de algumas das principais jogadoras do país, venceu a Itália nesta terça-feira por 3 a 0 (25/21, 25/20 e 25/23 ) e, com o sexto triunfo consecutivo, assumiu provisoriamente a primeira colocação na tabela do torneio. A Turquia joga ainda nesta terça contra a Bélgica e, se vencer, retoma a ponta, jogando a seleção para o segundo posto.

Na partida desta terça-feira, a seleção brasileira teve tranquilidade, se aproveitando muito bem do bloqueio e com um ótimo aproveitamento nas viradas de bola. As italianas começaram o jogo com o time inteiro reserva, viram algumas das titulares entraram nos sets seguintes, mas o domínio verde-amarelo foi total.

Lembrando que essa temporada é muito importante para a seleção. Depois da fase final da Liga, que será entre os dias 3 e 7 de julho, a equipe terá pela frente o principal evento do ano: o pré-olímpico, em que jogará com Cazaquistão, República Dominicana e Camarões. Neste ano, o time também jogará os Jogos Pan-Americanos e a Copa do Mundo.

Como fica

O Brasil sobe provisoriamente para a liderança, com os mesmos 31 pontos que a Itália, mas na frente nos critérios de desempate. A Turquia, com 29 pontos, joga ainda nesta terça-feira contra a Bélgica e, com uma vitória por qualquer placar, reassume a ponta. Brasil, Turquia e Itália já estão classificadas para a próximas fase. Importante lembrar que as cinco primeiras colocadas, mais a China (país sede), passam para a fase final, no início de julho.

O Brasil enfrenta nesta quarta-feira a Bélgica, às 11h (de Brasília), com transmissão do SporTV e tempo real do GloboEsporte.com. Aí, na quinta-feira, às 14h, fecha a fase de classificação contra a Turquia, provavelmente valendo a liderança da tabela.

(GE)