O presidente da República, Jair Bolsonaro, enviou ao Senado Federal, para apreciação, quatro nomes de diplomatas para o cargo de embaixador do Brasil em outros países, conforme mensagens publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Foram indicados: Julio Glinternick Bitelli, para embaixador junto ao Reino do Marrocos; Helio Vitor Ramos Filho, para embaixador na República Italiana e, cumulativamente, junto à República de San Marino e à República de Malta; Maria Clara Duclos Carisio, para embaixadora junto à República Cooperativa da Guiana; e José Luiz Machado e Costa, para embaixador na Hungria.

Hélio Vitor Ramos Filho, nascido em Salvador em 1959, é um diplomata brasileiro. Exerceu o cargo de ministro interino das Minas e Energia no Governo Fernando Henrique Cardoso. Diplomata de carreira, antes de ser nomeado por Bolsonaro a embaixador na Itália, já foi Cônsul-Geral em Miami (2001) e serviu na embaixada brasileira em Washington (1995).