BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Boicote do M5S em votação deixa governo de Draghi à beira de crise

11 de julho de 2022 - Por Comunità Italiana
Boicote do M5S em votação deixa governo de Draghi à beira de crise

O governo do premiê da Itália, Mario Draghi, ficou à beira de uma crise política após o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) ter boicotado a votação de um pacote de ajudas para combater a inflação no país. O texto foi aprovado na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (11) por 266 votos a favor e 47 contra, porém os parlamentares do M5S não participaram do escrutínio final, orientados pela liderança da legenda, que é presidida pelo ex-primeiro-ministro Giuseppe Conte.

Draghi chefia um governo de união nacional com partidos que vão da esquerda à extrema direita e tem como objetivo guiar o país até as eleições do primeiro semestre do ano que vem. No entanto, divergências com o M5S colocaram em risco a continuidade da atual aliança.

“Pedimos que o premiê Mario Draghi deixe essa lógica da chantagem e tome ato da situação que se criou, por isso pedimos uma verificação da maioria para compreender quais forças políticas querem apoiar o governo”, disse o ex-premiê Silvio Berlusconi, presidente do partido conservador Força Itália (FI).

Após a votação do decreto, Draghi se dirigiu ao Palácio do Quirinale para uma reunião com o presidente Sergio Mattarella, mas ainda não se sabe o teor da conversa.

O M5S teve a maior bancada na Câmara durante a maior parte da atual legislatura, porém uma série de deserções fez o movimento perder esse posto para a legenda de ultradireita Liga, de Matteo Salvini. Já no Senado, os dois partidos estão praticamente empatados.

“É claro que, mesmo sem o movimento [5 Estrelas], é possível seguir adiante, mas é preciso ver se há vontade e os números”, disse o ex-premiê Matteo Renzi, do partido de centro Itália Viva (IV).

“Conte é um palhaço em fim de carreira, daqueles que não fazem mais ninguém rir. O M5S precisa decidir o que quer, mas que pare de brincar com os cidadãos”, reforçou.

Vai e volta

O M5S já havia ameaçado abandonar o governo, mas uma reunião entre Draghi e Conte em 6 de julho aparentemente tinha colocado panos quentes na crise.

Na ocasião, o ex-premiê disse que estava disposto a seguir apoiando o Executivo, desde que houvesse um “claro sinal de descontinuidade”. No entanto, Conte havia dito que daria “tempo” para Draghi avaliar as exigências do M5S.

O partido cobra mais auxílios financeiros para famílias e empresas, a redução da carga tributária e a aprovação do salário mínimo, além da manutenção da renda de cidadania, principal programa social da Itália e que é alvo de críticas em outros partidos da base aliada.

O M5S também questiona algumas medidas tomadas pelo governo, como o envio de armas à Ucrânia, mas ainda precisa lidar com cisões internas.

A última delas ocorreu em 21 de junho, quando o ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, figura histórica do movimento, anunciou sua saída do partido por discordar da linha de Conte sobre a ajuda militar a Kiev.

O chanceler levou com ele mais de 50 deputados e 10 senadores, reduzindo o poder de barganha do movimento, que chegou a ser o partido mais popular da Itália em 2018, mas hoje amarga o quarto lugar nas pesquisas, com cerca de 10% das intenção de voto. (com dados da Ansa)

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 10953
            [name] => Boicote
            [slug] => boicote
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 10953
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 3
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3482
            [name] => Governo da Itália
            [slug] => governo-da-italia
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3482
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 90
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 392
            [name] => M5S
            [slug] => m5s
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 392
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 118
            [filter] => raw
        )

    [3] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 4579
            [name] => Mario Draghi
            [slug] => mario-draghi
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 4579
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 217
            [filter] => raw
        )

    [4] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 11659
            [name] => Movimento Cinco Estrelas
            [slug] => movimento-cinco-estrelas
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 11659
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 2
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Você acha que a direita da Itália sairá vitoriosa nas eleições parlamentares de 25 de setembro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 12h13
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.