BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Belo Horizonte recebe exposição sobre imigração italiana

26 de novembro de 2019 - Por Comunità Italiana
Belo Horizonte recebe exposição sobre imigração italiana

Na Casa Fiat de Cultura até março de 2020, “Percosi Italiani – 120 anos de história” refaz o caminho das primeiras famílias que chegaram ao país

A mostra com inauguração marcada para esta terça-feira (26) aborda os fluxos migratórios da comunidade italiana para Brasil e Argentina, com objetos, vídeos e mais de 100 imagens para resgatar a contribuição dos italianos para a construção da memória e da identidade nos dois países.

Fruto de uma pesquisa que durou quase um ano, a mostra traz à capital mineira 100 imagens históricas – escolhidas dentro de um universo de mais de mil registros fotográficos – que fazem um passeio pelos principais acontecimentos de 12 décadas de história, incluindo duas guerras mundiais. Vídeos, instalações tipográficas e objetos preciosos, como a bola do Palestra Italia (hoje Cruzeiro), clube fundado por italianos em 1921, e o livro de registro de entrada dos imigrantes em BH, também estão exibidos no local.

“Tivemos uma preocupação de retratar essa evolução social. O grande desafio foi colher as informações, que vêm de todos os lados, muitas vezes incertas, e chegar a números precisos de cada década. Fomos atrás de muitos arquivos e escolhemos o que melhor se encaixaria em cada uma delas”, afirma a jornalista e historiadora Cinthia Reis, curadora da exposição.

A curadora da exposição, Cinthia Reis

Estima-se que, no início do século passado, na década de 1900, cerca de 1,5 milhão de italianos tenham chegado ao Brasil – e Minas Gerais recebeu cerca de 150 mil deles apenas nesse período. Para a gestora cultural da Casa Fiat de Cultura, Ana Vilela, em “Percosi Italiani”, o entrelace entre o Estado e a Itália resulta numa história que merecia ser contada. “A exposição dá essa ideia ao público de como a italianidade se mistura à mineiridade nesses fluxos migratórios. A Casa Fiat cumpre esse papel de mostrar como foi esse percurso e esse intercâmbio entre as culturas. É muito difícil ver alguém em Minas que não tenha um laço com a Itália”, acredita.

Fiat

A mostra também remonta à fundação da Fabbrica Italiana Automobili Torino, a Fiat, fundada há 120 anos; sua chegada a Betim em 1976 e o papel da montadora no próprio processo migratório no Brasil e na Argentina, já que a exposição também lança olhar importante para os italianos que desembarcaram no país vizinho, que recebeu quase 2,2 milhões de imigrantes. Nas seções dedicadas à multinacional, destaque para um modelo original do Fiat 147. Lançado em 1979, foi o primeiro automóvel do mundo movido a álcool a ser produzido em larga escala e também o primeiro da marca a ser fabricado no Brasil.

Modelo original do Fiat 147, primeiro carro da montadora a ser produzido no país, compõe a mostra

Em outro espaço, haverá reproduções de pôsteres publicitários da montadora produzidos por renomados artistas italianos e um desenho original de Raffaello Berti. “Os italianos vieram antes da Fiat, mas ela própria é uma imigrante, e teve uma contribuição muito forte nesse fluxo. Era muito importante que fizéssemos essa mostra”, comenta o presidente da Casa Fiat de Cultura, Fernão Silveira.

Brasil e Itália são países unidos por uma história que desembarca agora em Belo Horizonte, e promete fazer com que os visitantes entrem numa máquina do tempo e revisitem suas próprias memórias: “Espero que as pessoas se identifiquem, especialmente os descendentes italianos, com as trajetórias das famílias e como essa relação entre os dois países aconteceu. É isso que gostaríamos de contar”.

A mostra tem entrada gratuita e fica em cartaz até 1º de março de 2020. O horário de visitação vai das 10h às 21h, de terça a sexta, e das 10h às 18h, de sábados, domingos e feriados.

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 1280
            [name] => Belo Horizonte
            [slug] => belo-horizonte
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 1280
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 9
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3287
            [name] => Casa Fiat de Cultura
            [slug] => casa-fiat-de-cultura
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3287
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 5
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 3274
            [name] => Imigração italiana
            [slug] => imigracao-italiana
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 3274
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 4
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

Novo programa Renda de Cidadania, espécie de "Bolsa Família" da Itália, exige que o beneficiário preste serviço para o município em troca do crédito. Você concorda?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 05h27
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.