Uma baleia foi encontrada morta com plástico no estômago na praia de Cefalu, na Sicília, região da Itália. A informação foi divulgada pela organização não-governamental Greenpeace

De acordo com a organização, não é possível afirmar se a baleia morreu por causa do plástico. O animal foi encontrado durante um projeto de pesquisa e monitoramento do litoral italiano, feito em conjunto com o Blue Dream Project.

De acordo com o Greenpeace, a carcaça achada é de uma baleia cachalote macho de cerca de 6 anos. Outras cinco baleias da mesma espécie foram encontradas encalhadas na região nos últimos cinco meses.

“O que você vê nas fotos é um jovem cachalote de apenas 6 anos encontrado morto na praia de Cefalu ontem. Um monte de plástico foi encontrado em seu estômago. Não sabemos se ele morreu por isso, mas não podemos fingir que nada está acontecendo: há 5 cachalotes encalhados nos últimos 5 meses, o mar está nos mandando um grito de alarme, um SOS desesperado”, escreveu a organização em uma publicação nas redes sociais.

O Greenpeace e o Blue Dream Project vão monitorar os níveis de poluição do plástico no mar durante três semanas. A expedição deve terminar em Toscana no dia 8 de junho, Dia Mundial dos Oceanos.

Em abril, outra baleia foi encontrada morta com 22 kg de plástico no estômago. De acordo com o Greenpeace, ela estava grávida.

Em março, outra baleia havia sido encontrada morta nas Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago. A informação foi divulgada pelos cientistas do grupo D’Bone Collector Museum, organização que visa educar as pessoas sobre a preservação do meio ambiente.

(Com informações do G1)