Um prédio de dois andares desabou na manhã deste sábado(31) em Rescaldina, no noroeste de Milão, e deixou pelo menos nove feridos, sendo quatro crianças

A construção é composta por 12 apartamentos e abriga 27 famílias. Todos os feridos foram retirados dos escombros e resgatados pelas equipes de emergência, informou o prefeito da cidade à agência de notícias italiana.

De acordo com os bombeiros, as vítimas foram transportadas para os hospitais de Legnano (Milão), Castellanza (Varese) e Niguarda de Milão. Duas pessoas estão em estado grave com queimaduras no corpo.

Segundo Cattaneo, os moradores do prédio serão deslocados enquanto ocorre uma investigação para apurar as causas do incidente. A primeira hipótese é de que o desabamento ocorrera depois de uma explosão causada por vazamento de gás. “Eu ouvi uma explosão e fugi com meu companheiro e só lá fora vi que metade do prédio havia desmoronado”, disse um dos moradores.

No momento do incidente apenas três famílias estavam no condomínio. A maioria dos outros apartamentos estavam vazios.

“Eu cheguei imediatamente, moro ao lado, e já havia muitas pessoas na rua gritando”, explicou uma testemunha. (ANSA)