Se agora Giorgio Chiellini divide sonhos com Cristiano Ronaldo, antes o italiano já se viu frustrado justamente pelos feitos do craque português. Isso porque, em várias ocasiões, CR7, no Real Madrid na época, foi protagonista da eliminação da Juventus da Liga dos Campeões, principal objetivo do zagueiro. Agora, companheiros em Turim, a expectativa é outra: que possam realizar esse sonho juntos.

– Antes, a Liga dos Campeões era um sonho. Agora é um alvo porque Cristiano é o melhor jogador do mundo – acrescentou o zagueiro.

Chiellini e Cristiano Ronaldo ficaram frente à frente nas últimas duas edições da Liga dos Campeões – em ambas, o português não só levou a melhor, como foi decisivo. Em junho de 2017, na final em Cardiff, CR7 marcou dois gols na goleada do Real por 4 a 1 sobre a Juventus.

Pelo Real, Cristiano marca golaço de bicicleta diante da Juve, em Turim — Foto: EFE/ANDREA DI MARCO

E no ano seguinte não foi diferente: pelas quartas de final da competição, Cristiano voltou a “maltratar” a Juve. No jogo de ida, em Turim, os merengues venceram por 3 a 0 – com direito a dois de Cristiano, sendo um deles um golaço de bicicleta. No jogo da volta, em Madri, os italianos conseguiram reverter e sustentar o placar até os acréscimos da partida, quando – de novo – o português marcou e decretou a eliminação de Chiellini e cia.

Rumo ao sonho do zagueiro, a Juventus volta a campo pela Liga dos Campeões em fevereiro, quando enfrenta o Atlético de Madrid, pelo primeiro jogo das oitavas de final do torneio.

(GE)