BIANUAL

BIANUAL

A partir de
Por R$ 299,00

ASSINAR
ANUAL

ANUAL

A partir de
Por R$ 178,00

ASSINAR
ANUAL ONLINE

ANUAL ONLINE

A partir de
Por R$ 99,00

ASSINAR


Mosaico Italiano é o melhor caderno de literatura italiana, realizado com a participação dos maiores nomes da linguística italiana e a colaboração de universidades brasileiras e italianas.


DOWNLOAD MOSAICO

Baixe nosso aplicativo nas lojas oficiais:

Editoriais

A força individual e a potência coletiva

20 de setembro de 2020 - Por Comunità Italiana
A força individual e a potência coletiva

Pietro Petraglia Editor

Hora da retomada. Retomada da vida normal. Sim, normal, porque não podemos deixar que a pandemia nos coloque ad infinitum contra a parede. Recomeçamos nossa jornada respeitando as imprescindíveis regras de segurança internacionais até que uma confiável vacinação em massa seja devidamente empregada pelas autoridades sanitárias e governos de todos os países, e sem distinção. Não se pode admitir que um governante, seja ele qual for, e em nome de um discurso pseudo-salvador, ignore tudo o que passamos e que certamente passaremos caso as regras não sejam cumpridas. Cada cidadão em sã consciência e com empatia não pode admitir que uma segunda onda da covid-19 venha à tona. Devemos esse compromisso com a vida em respeito aos milhares que sucumbiram à covid-19, em particular aos mais de 130 mil no Brasil e aos mais de 35 mil na Itália.

Um movimento coletivo é capaz de criar uma nova comunidade cultural, religiosa ou política. Momentos como o que vivemos propiciam muitas vezes, ao longo da história, o surgimento de novos líderes e de falsos líderes. Isso porque os homens buscam soluções e metas muitas vezes com base em mitos e pouca informação. Acompanhamos a todo tempo a guerra para dominar a rede planetária da Internet. A busca em dar a todos a possibilidade de acesso rápido de qualidade jamais vista traz vantagens e a necessidade de uma legislação mais eficaz para impedir falsificações e incitações ao ódio. Mas sabemos que existe a luta pela supremacia porque a rede é sempre governada por alguém e quem governa tem o poder.

E recuperar a economia é importante e emergencial, reconhecemos, mas nada sobrepõe a vida humana. Como aponta reportagem assinada por Guilherme Aquino, nosso correspondente em Milão, o “pulso ainda pulsa”, embora as pesquisas apontem para um país social e economicamente atingido, sobretudo o setor de turismo, que registrou uma queda de 83% no volume de visitantes entre maio de 2019 e o deste ano. Foram à lona hotéis e restaurantes. No Brasil não foi diferente, com restaurantes tentando a todo custo se reinventarem, como mostra a reportagem de Cintia Salomão, que também assina a matéria principal desta edição, um retrato preocupante da escalada do suicídio no mundo, em especial no Brasil e na Itália, atingindo um público jovem na faixa dos 15 aos 29 anos. Comunità ouviu um dos mais importantes especialistas no assunto, o italiano Maurizio Pompili, presidente da Conferência internacional de Suicidiologia e Saúde Pública (realizada este mês pela Università Sapienza di Roma) e professor de psiquiatria da entidade. Para ele, os suicídios têm causas complexas e não se pode pensar isoladamente a covid-19 como o único fator que desencadeou essa pandemia silenciosa e paralela a do coronavírus. Mas o especialista italiano reconhece que o sofrimento ao longo desta árdua quarentena intensificou-se em quem já traz consigo uma vulnerabilidade psíquica. Ele alerta: “A mídia deveria reportar o assunto de maneira apropriada, sem trazer notícias sensacionalistas, e sim falar do suicídio como algo que se pode prevenir, pedindo-se ajuda e reconhecendo os indivíduos em crise”. Comunità segue essa diretriz, ou seja, a do debate integralmente norteado pela alteridade. E isso é irrevogável. Não se pode restringir a discussão sobre o suicídio no mundo somente ao longo do “setembro amarelo”, quando o mundo inteiro, em tese, volta seu olhar para esse gravíssimo problema de saúde pública. Alguns estudos nos apresentam a indicadores impressionantes. Nos Estados Unidos, por exemplo, pesquisa realizada pelo Pine Rest Christian Mental Health Services, hospital de saúde comportamental em Michigan, revelou que o número de suicídios aumentou 32% durante a quarentena. No Brasil, há dados extraoficiais, porém não menos inquietantes, como a sondagem realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O resultado é para acendermos imediatamente o sinal de alerta: quase 90% dos especialistas ouvidos pela ABP disseram que o quadro psiquiátrico dos pacientes agravou-se com o isolamento social. Não sabemos ao certo que sociedade nos aguarda com a “nova vida normal”, mas precisamos ficar alertas para esse contexto social que se insinua, tratando-o com respeito e externando ao máximo solidariedade para extrairmos dessa tragédia global um novo (e muito melhor) ser humano. Afinal, somos nós os únicos responsáveis pelo nosso próprio futuro.

Boa leitura!

Comunità Italiana

A revista ComunitàItaliana é a mídia nascida em março de 1994 como ligação entre Itália e Brasil.

Leia também outras matérias da nossa revista.



Comentários
Array
(
    [0] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7845
            [name] => Edição 266
            [slug] => edicao-266
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7845
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 31
            [filter] => raw
        )

    [1] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 440
            [name] => Editorial
            [slug] => editorial
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 440
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 23
            [filter] => raw
        )

    [2] => WP_Term Object
        (
            [term_id] => 7188
            [name] => Retomada
            [slug] => retomada
            [term_group] => 0
            [term_taxonomy_id] => 7188
            [taxonomy] => post_tag
            [description] => 
            [parent] => 0
            [count] => 3
            [filter] => raw
        )

)

ENQUETE

O Governo brasileiro liberou a entrada de estrangeiros em aeroportos do país. Você acha a medida acertada?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

NOSSO E-BOOK GRÁTIS

SIGA NAS REDES

HORA E CLIMA EM ROMA

  • 18h24
fique por dentro

Não perca
nenhuma
notícia.

Cadastra-se na nossa ferramenta e receba diretamente no seu WhatsApp as últimas notícias da comunidade.