Candidato a deputado italiano pelo Movimento Democrático e Progressista (MDP), desembargador Wálter Fanganiello Maierovitch quer conscientizar os ítalo-brasileiros da importância de participarem da vida política italiana para exercerem uma cidadania plena, e não apenas no papel

Depois de atuar por mais de duas décadas na Magistratura no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), ser ministro da Secretaria Nacional Antidrogas do governo Fernando Henrique Cardoso e atuar como consultor da ONU e da Itália para assuntos como criminalidade transnacional e combate à máfia, o desembargador Wálter Fanganiello Maierovitch assume mais um desafio na vida pública. Filiado ao Movimento Democrático e Progressista (MDP), é candidato a deputado, representando a América do Sul, nas eleições para o Parlamento Italiano do próximo ano. O MDP é originário da corrente centro-esquerda do Partido Democrático (PD) e defende valores como soluções humanitárias para os problemas migratórios e combate ao desemprego. Em entrevista à Comunità, ele falou sobre a importância de reforçar a cultura italiana e o sentimento de italianidade junto à comunidade.