Alemão da Ferrari aumenta vantagem na liderança do campeonato; Raikkonen atropela mecânico

O duelo tático entre Mercedes e Ferrari vai perdurar até o fim do campeonato. No GP do Barein, a equipe italiana venceu novamente. A segunda vitória seguida de Sebastian Vettel na temporada 2018. Mesmo com pneus macios de 38 voltas, o alemão resistiu a um ataque de Valtteri Bottas, que chegou em segundo. Lewis Hamilton foi o terceiro.

A tática esperada era de dois pit stops para os carros de ponta, mas a Mercedes enganou a Ferrari e adotou uma estratégia de apenas uma troca para pneus médios para seus dois pilotos, enquanto a equipe italiana, pega de surpresa, mandou Sebastian Vettel permanecer na pista até o fim com pneus macios com quase 40 voltas de uso. Aos poucos, Bottas tirou a diferença para Vettel, que neutralizou um ataque na última volta para vencer em sua corrida de número 200 na carreira.

– Meus pneus acabaram! Mamma mia! – disse Vettel pelo rádio após cruzar a linha de chegada.

Além da disputa pela vitória, a corrida foi marcada por uma imagem chocante. No segundo pit stop de Kimi Raikkonen, a Ferrari liberou o finlandês para sair antes que o pneu traseiro esquerdo fosse corretamente fixado. O Homem de Gelo arrancou e passou por cima da perna esquerda do mecânico que ainda terminava a operação. Kimi abandonou a prova e o mecânico sofreu fratura.

 Pela primeira vez desde 2004 a Ferrari vence as duas primeiras corridas do campeonato.

(com informações de globoesporte.com)