A prefeita de Turim, Chiara Appendino, descartou nessa última sexta-feira (13) qualquer hipótese de uma candidatura conjunta com Milão para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026

As duas cidades estão em uma lista de pré-candidatas divulgada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), assim como Cortina d’Ampezzo, também da Itália. A entrada de Milão na disputa acendeu rumores sobre uma campanha conjunta com Turim, possibilidade rechaçada por Appendino.

“A cidade de Turim nunca pensou em uma candidatura com Milão. Não houve nenhum contato”, destacou a prefeita, em encontro com os chefes municipais das cidades que formam a Região Metropolitana de Turim.

A capital do Piemonte é o município que manifestou mais interesse nas Olimpíadas de Inverno até o momento, apesar de ser governada pelo Movimento 5 Estrelas (M5S), partido antissistema que barrou a candidatura de Roma para os Jogos de 2024, que acontecerão em Paris.

No entanto, Appendino vem batendo na tecla de que é preciso realizar o evento de modo “sustentável” e sem dívidas. Também estão na briga pelas Olimpíadas de 2026: Calgary (Canadá), Graz (Áustria), Estocolmo (Suécia), Sion (Suíça), Erzurum (Turquia) e Sapporo (Japão).

Apenas uma das três candidatas italianas ficará na disputa. (Agência ANSA)