Taxa entre as mulheres atingiu o maior número desde 1977, na Itália

O Instituto de Estatística Italiano (Istat) informou nesta segunda-feira (31), que a taxa de desemprego caiu para 11,1% em junho. A taxa de desemprego surpreendeu e caiu para 11,1% no mês de junho, informou o Instituto de Estatísticas Italiano (Istat) nesta segunda-feira (31). A diminuição de 0,2% igualou aos resultados de outubro de 2012.

Após a alta registrada em maio deste ano, os analistas esperavam que a taxa se mantivesse estável, em 1,3%.

A alta empregabilidade entre as mulheres, que só em junho atingiram 48,8% da população feminina ocupada é um dos motivos para o bom resultado. Desde 1977, este é o maior número já registrado.

O resultado positivo também está entre os jovens, o desemprego para eles voltou a cair (-1.1%), depois de alguns resultados ruins em maio e chegou a 35,4%. No total houve um acréscimo  de 23 mil novos postos de trabalho.

“Istat Boas notícias sobre o trabalho. Menos desempregados, também entre os jovens. Aumentou o trabalho das mulheres. Confiança nos resultados da Jobs Act e no retorno do crescimento”, escreveu o premier italiano, Paolo Gentiloni, em sua conta no Twitter.