Para que os votos do exterior cheguem à Roma a tempo de serem homologados, é preciso que eleitores devolvam as cédulas o mais rapidamente possível em uma agência dos Correios; Carnaval pode, contudo, atrapalhar o processo

POR ANDRÉ FELIPE DE LIMA

As eleições italianas têm data marcada. Dia 4 de março. Mas para quem reside no exterior, eis o temor de que o voto não chegue a tempo em Roma para que seja homologado. Aí, reside o desafio de embaixadas e consulados italianos por todo o mundo. No Brasil, não é diferente. Há uma preocupação de órgãos consulares e de representantes da comunidade italiana de que o árduo trabalho de envio das cédulas às residências de todos os ítalo-brasileiros eleitores seja em vão. O tempo entre o recebimento da correspondência e a chegada do voto em Roma é uma grande preocupação. É realmente exíguo, mas tudo pode correr tranquilamente caso o eleitor devolva o seu voto rapidamente em uma agência dos Correios.

“Se já foi postado, não há preocupação alguma. Há um prazo médio — dependendo do serviço que a embaixada contratou — de cinco a 10 dias úteis para entrega. A pessoa fez essa postagem na agência, possivelmente uma postagem nacional, ou seja, não devolve diretamente à Itália, estamos falando de cinco dias úteis. No máximo, todo o processo [recebimento e devolução da cédula eleitoral] levará cerca de 15 dias úteis. Se a embaixada estiver fazendo isso por mala diplomática, em um dia chegará à Itália”, explicou o gerente de Negócios Internacionais dos Correios, Nailton Alves de Oliveira.

Os cerca de 350 mil eleitores no Brasil já estão recebendo, via Sedex dos Correios, o envelope com as orientações para o voto e as cédulas eleitorais. Comunicado dos consulados da Itália no Brasil informa que o eleitor, utilizando o envelope selado e seguindo atentamente as instruções contidas na folha informativa, deverá enviar – sem atrasos – as cédulas eleitorais votadas, de modo que possam chegar ao próprio Consulado impreterivelmente até às 16 horas (hora local) do dia 1º de março. Ou seja, a três dias da eleição.

Ao contrário de outros governos internacionais que também realizam eleições com votos do exterior, o italiano foi o único que não enviou uma notificação oficial aos Correios sobre o pleito do dia 4 de março. “Na Europa, vários países fazem, e eles entram normalmente em contato conosco, informando, notificando, pedindo para darmos uma prioridade para que as pessoas recebam o envelope correto e possam fazer a devolução. Nesse caso específico, da eleição da Itália, não recebi nenhuma notificação, nem da Embaixada, nem do próprio governo italiano”, ressaltou Oliveira.

Ele acredita que o processo de postagem diretamente em uma agência dos Correios esteja centralizado pela embaixada e pelos consulados, que fez a importação das cédulas e uma postagem nacional já pré-franqueada e com selo. “Isso não é muito comum na área internacional dos Correios. Estamos acostumados a lidar mais com o recebimento direto do país de origem, que enviam a carga para a agente. Fazemos o processo de fiscalização aduaneira e depois submetemos essa carga para entrega. Essa carga, quando vem diretamente, já é pré-franqueada por um serviço específico que se chama “Cupom Resposta Internacional”, que é uma espécie de carta que vai e volta. Fazemos a entrega e depois o destinatário apresenta essa cédula em uma agência dos Correios, que faz o encaminhamento de volta ao remetente”, concluiu o gerente de Negócios Internacionais dos Correios.

O OUTRO LADO

Se o Carnaval não atrapalhar, o voto dos italianos residentes no Brasil e dos ítalo-brasileiros chagarão à Embaixada da Itália e aos consulados a tempo de retornarem à Roma um dia antes da eleições, no dia 4 de março, como determinado pelo governo italiano. A informação é de uma fonte diplomática da Embaixada ouvida pela reportagem.

O receio com a festa de Momo é pertinente. A mesma fonte informou que na eleição anterior houve um número elevado de abstinência entre os eleitores no Brasil. “Mas na Argentina foi maior”, disse.

Todo o processo de envio e recebimento das cédulas está descentralizado, e isso foi “testado” em pleitos anteriores, e com “sucesso”, segundo afirmou a fonte, que acompanhou vários pleitos no exterior.

A Embaixada e os consulados estão enviando as cédulas de forma independente. Há, contudo, mais celeridade em Porto Alegre, afirmou a fonte.

Ao serem devolvidas pelos eleitores, as cédulas serão todas enviadas para o consulado em São Paulo, de onde partirão para Roma um dia antes da eleição. “O espaço reservado no avião para a carga diplomática já está reservado. Todos os votos do exterior devem chegar à Itália no mesmo dia, de forma sincronizada”, assinalou o informante da embaixada.

When you purchase a lab kit form us you will get a lab workbook to help guide you through your labs. But the lab workbook does assume that you have some basic knowledge about Cisco routers and switches.
200-125 vce
In its place of obligating the error of evading the repetition exams, the applicants must practice carefully via practice tests. For example, statistics display; several a scholar who fails the CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate, they have no need to fail in the exam after getting prepared with the annoying approaches.
300-115 dumps
In preparation of our CCNA exam, we want to make sure we cover the various concepts that we could see on our Cisco CCNA exam. So to assist you, below we will discuss preparing for the CCNA exam.
cisco
Bryant Advantage. The Bryant Advantage probably has the most comprehensive study package that is well written using lots of analogies so it can be understood easily by new CCNA students as well as seasoned Cisco professionals. It is on par with the Cisco Press as far as price and another nice benefit is he also has a lab workbook too. We also sell the Bryant Advantage CCNA Lab Hardware Topology to compliment his lab workbook so you can follow through all the labs step by step.
http://www.itcert-online.com/
We are providing the helping material in two ways which are • PDF • Practice Test Software PDF Exam – the first technique expected of applicants to prepare for CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate, are hand notes that consist of full, comprehensive information about every CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate area.
210-260 pdf
However, most of the time many questions asked in a preceding exam are somewhat repeated either in the same formulation or paraphrased.