O goleiro Alisson, titular da Roma e da seleção brasileira, está em alta no futebol europeu. A boa fase do brasileiro está despertando o interesse de gigantes do velho continente, como o Real Madrid. Mas tirar Alisson do clube italiano não será tarefa fácil, no que depender da vontade do presidente James Palotta.

“Ele (Alisson) tem um contrato, eu o adoro e jamais quis vendê-lo. Sempre achei que estava forte, agora está demonstrando isso”, afirmou o presidente da Roma, em entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”.

Alisson chegou à Roma em 2016, depois de se destacar no Internacional. Na primeira temporada pelo clube italiano viveu altos e baixos, ficando um tempo no banco de reservas. Já em 2017, assumiu a titularidade da equipe e não saiu mais. Recentemente, o goleiro tem recebido elogios públicos das comissões técnicas da Roma, da Seleção e de adversários. (GE)