Entre os projetos, estão aulas de italiano em escolas públicas

(ANSA) – O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, recebeu o cônsul-geral italiano, Filippo La Rosa, na primeira reunião de trabalho com o diplomata, que assumiu o posto há cerca de um mês.

No encontro, ocorrido na última quarta-feira (5), na sede da Prefeitura de São Paulo, Covas e La Rosa discutiram uma agenda de desenvolvimento econômico e cultural, como um programa de formação de 200 professores que poderão lecionar o idioma italiano em instituições de ensino públicas da cidade, e a possibilidade de intercâmbio de estudantes. Covas e La Rosa também concordaram em organizar reuniões entre representantes do governo local e empresários italianos para apresentar o plano de privatizações de São Paulo, previsto para 2019.

Os dois também decidiram dar continuidade ao projeto “Italia per San Paolo”, através do qual um grupo associado de empresas italianas cuidou da reforma e da restauração de praças e monumentos da cidade ligados à imigração italiana.