A polícia italiana deflagrou hoje (4) uma operação contra o clã mafioso Rinzivillo, ligado ao grupo “Cosa Nostra”, na Itália e na Alemanha.

Agentes da Guarda de Finanças e da polícia cumpriram 37 mandatos de prisão preventiva contra supostos membros da organização criminosa originária de Gela, na Sicília.

Na Itália, foram feitas 35 prisões na Sicília, Lazio, Lombardia, Piemonte e Emilia-Romana. Também houveram duas detenções em Colonia, na Alemanha. Ao todo, foram apreendidos bens avaliados em 11 milhões de euros.

Os presos

Entre os presos, estão um advogado romano e dois policiais militares italianos que se aproveitavam do acesso privilegiado a dados das forças de segurança para atuarem dentro do clã.

O clã Rinzivillo já tinha sido alvo de uma grande operação policial em 2006, quando 79 pessoas foram presas. Naquela época, as autoridades apreenderam um valor total de 20 milhões de euros da organização criminosa. (ANSA)