O meio-campista italiano, Andrea Pirlo, vai ser aposentar aos 38 anos, sem definição se poderá vir como treinador

Andrea Pirlo, meio-campista italiano, anunciou neste domingo (08) que irá se aposentar do futebol.

Aos 38 anos, Pirlo, atualmente defendendo o New York City, dos Estados Unidos, não sabe como será seu futuro após deixar os campos, segundo a Ansa.

“Ainda não sei o que farei. Voltarei à Itália em dezembro e tenho algumas ideias, mas me darei um tempo até decidir. Não é porque você foi um bom jogador que se tornará um bom treinador. Você precisa se dedicar e ter o conhecimento do campo. Há uma faísca que precisa ser acesa, e comigo isso ainda não aconteceu”, disse.

De acordo com a Ansa, o contrato de Pirlo acaba em dezembro deste ano.

“Você percebe por si mesmo que o momento chegou. Todos os dias você tem problemas físicos. Você não pode treinar como gostaria porque sempre tem algum problema. Os jogadores mais jovens devem jogar. Aos 38 anos, é certo dar espaço aos mais novos. Na minha idade, você tem que dizer basta”, afirmou o atleta, em entrevista ao jornal “Gazzetta dello Sport”.

Atualmente o jogador participa da Major League Soccer, principal divisão do futebol norte-americano.

 

Pirlo começou sua carreira em 1994, no Brescia e depois passou pelo Inter de Milão, Reggina, Milan e Juventus.

Segundo a Ansa, em 2015 o meio-campista deicidiu abandonar os clubes italianos para ir pro New York City.

Participou de 116 jogos pela Seleção Italiana, marcando 13 gols. Pirlo conquistou uma Copa do Mundo, seis Campeonatos Italianos, duas Ligas dos Campeões Mundial de Clubes, além de outros prêmios.