Resultado se deve sobretudo à demanda interna

Segundo dados preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat), o Produto Interno Bruto (PIB) da Itália terminou o primeiro trimestre de 2018 com alta de 0,3% em comparação ao mesmo período do ano passado.

O resultado é igual ao que havia sido alcançado pela economia italiana no último trimestre de 2017. Dessa forma, o PIB do país atingiu a marca de 15 trimestres consecutivos de expansão. Isto é, quase quatro anos.

Desde o terceiro quarto de 2014, a economia da Itália já acumula alta de 4,4%, embora registre queda de 5,5% desde o primeiro trimestre de 2008, quando teve início a crise econômica no país.

Os resultados deste começo de 2018 se devem à recuperação dos setores de agricultura, pesca e serviços para demanda interna.

(com informações da ANSA)