Além disso, eleitores também concordam com política migratória do país

A nova política da Itália para migrante e refugiados alavancou a popularidade do governo de coalizão entre o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) e a ultranacionalista Liga, mesmo sendo alvo de críticas no exterior.

De acordo com pesquisa realizada pelo instituto “Demos & Pi” para o jornal “la Repubblica”, a aprovação da gestão de Giuseppe Conte chegou a quase 60%, maior número desde sua posse, em 1º de junho.

Além disso, Giuseppe Conte é aprovado por 61% dos entrevistados, pouco acima do ministro do Interior Matteo Salvini (60%), que fechou os portos para pessoas que atravessam o Mediterrâneo de forma clandestina.

A nova política migratória da Itália também é aprovada por 54% dos eleitores. Entre os partidos, a Liga surge como a mais popular do país, com pouco mais de 30%, 13 pontos a mais do que os 17% conquistados nas eleições de 1º de março.