Nesta quarta-feira (30), os jogadores do clube catarinense brasileiro Chapecoense se encontraram com o papa Francisco no Vaticano e assistiram à uma audiência geral na Praça São Pedro.

Os jogadores da Chape encontram-se na capital italiana para disputar um amistoso com a Roma, na próxima sexta-feira (1), às 15h45min (horário de Brasília), no estádio Olímpico de Roma. O confronto entre a equipe italiana e o Verdão de Chapecó ocorre em homenagem às vítimas do acidente ocorrido em novembro do ano passado envolvendo a delegação da Chape.

No acidente, 71 dos 77 passageiros morreram, sobrevivendo apenas os jogadores Alan Ruschel, Jakson Follmann e Neto; o jornalista Rafael Henzel, e os tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suarez.

A equipe brasileira já participou de alguns jogos deste tipo recentemente, quando encarou o Barcelona e o Urawa Red Diamonds, pela Copa Suruga.

O papa, nascido na Argentina e torcedor fanático do San Lorenzo, recebeu com alegria os atletas brasileiros e dirigentes do clube brasileiro. Ele também abraçou e cumprimentou familiares das vítimas do acidente aéreo de novembro de 2016, concedendo uma benção às fotografias dos jogadores falecidos,

A equipe da Chapecoense presenteou o Papa com uma bola de futebol nas cores branca e verde, marcas do clube, e, em seguida, a delegação de 85 pessoas do Brasil posou para uma foto oficial com o líder da Igreja Católica.