O Papa Francisco convocou os líderes das conferências episcopais de todo o mundo para uma reunião dedicada ao tema da proteção de menores, anunciou o Conselho de Cardeais

O Papa Francisco convocou os líderes das conferências episcopais de todo o mundo para uma reunião dedicada ao tema da proteção de menores, anunciou o Conselho de Cardeais, órgão consultivo do pontífice, em comunicado.

O encontro decorrerá na cidade do Vaticano entre 21 e 24 de fevereiro de 2019.

Segundo o comunicado divulgado nesta quarta-feira (12), o Conselho dos Cardeais refletiu “juntamente com o Santo Padre sobre o tema dos abusos”.

Já na última segunda-feira (10), o mesmo órgão consultivo tinha anunciado que a Santa Sé deveria prestar, em breve, todos os esclarecimentos necessários sobre os escândalos que abalaram a Igreja Católica nas últimas semanas.

As conferências episcopais são os órgãos máximos da Igreja Católica em cada país, reunindo todos os bispos do país respetivo.

A Conferência Episcopal Portuguesa é presidida atualmente pelo cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.

Na semana passada, os bispos portugueses escreveram uma carta ao Papa Francisco a unirem-se ao líder da Igreja Católica na sua política de tolerância zero contra os abusos.

No documento, os bispos agradeceram ao Papa “a oportuna e corajosa Carta ao Povo de Deus, sobre o drama do abuso de menores por parte de membros responsáveis da Igreja”.

“Neste momento, perante tentativas de pôr em causa a credibilidade do Seu ministério, queremos manifestar-Lhe a nossa fraterna proximidade e o total apoio à Sua pessoa, a plena comunhão com sua missão de Pastor universal e completa adesão ao Seu magistério”, escreveram ainda.