Atac iniciou uma investigação para analisar causas do incidente

Na manhã desta terça-feira (8), um ônibus da Agência de Transportes Ferroviário (Atac) pegou fogo na via del Tritone, em Roma. O incidente causou pânico após a explosão de um dos pneus do veículo. Uma pessoa ficou levemente ferida, quando passava pela região no momento da explosão. Os passageiros e o motorista conseguiram evacuar o ônibus antes que ele fosse consumido pelas chamas.

Uma imensa fumaça negra se espalhou no local. As equipes de emergência isolaram a área e o tráfego ficou intenso. O ônibus, completamente destruído, era do ano de 2003, um veículo considerado “velho”, com 15 anos de uso. A Atac iniciou uma investigação interna e enfatizou que nos últimos meses tem feito análises para “minimizar os riscos de incêndio na frota, que infelizmente tem uma idade muito avançada”.

“As ações implementadas permitiram reduzir os casos de incêndio nos automóveis em cerca de 25% no primeiro trimestre de 2018 em comparação com o mesmo período de 2017”, diz a Atac em comunicado. De acordo com a empresa, o “incêndio não causou nenhuma consequência aos passageiros”.

(com informações da ANSA)