A taxa de 300 euros para pedidos de reconhecimento da cidadania italiana começou a ser cobrada pelo governo italiano a partir de julho de 2014. A chamada “taxa de cidadania” foi um dos temas polêmicos no período eleitoral entre os candidatos ítalo-brasileiros que concorriam a uma vaga no Parlamento

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários