A retrospectiva “Canaletto 1697 – 1768” na capital italiana mostra uma coleção nunca vista na Itália Para celebrar os 250 anos da morte do artista veneziano Giovanni Antonio Canal, conhecido como Canaletto, foi escolhido um lugar especial: o Museu de Roma, no Palazzo Braschi na Piazza Navona. Ao lado

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários