Mostra em Milão reuniu as imagens espetaculares do fotógrafo suíço Michel Comte, que denuncia o aquecimento global e o desaparecimento das geleiras nos Alpes O templo do design italiano transformou-se numa imensa geleira a céu aberto. O fotógrafo suíço Michel Comte, com os dois pés em ambos os lados

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários