Será apresentado no dia 5 de outubro, na Accademia Nazionale dei Lincei, em Roma, o projeto do novo Telescópio Solar Europeu (EST), que irá recolher e produzir informações sobre o Sol.

O telescópio ficará nas Ilhas Canárias, na Espanha, e sua montagem terá o auxílio de 21 instituições científicas e industriais de 15 países da UE. Na Itália, o Instituto Nacional de Astrofísica (INAF) e outras três universidades locais são algumas das colaborações do projeto.

Segundo a Associação Europeia de Telescópios Solares (EAST), o EST será uma grande revolução nas áreas científica e tecnológica para a astrofísica solar. O telescópio terá quatro metros de diâmetro e será o maior dedicado ao estudo do Sol. (ANSA)