A cidade de Nova Veneza, em Goiás, realiza até o dia 10 junho a 14ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza

O evento, que celebra tradição italiana na cidade, terá comida típica da península, música, artesanato e dança. A festa tem entrada gratuita e ocorre na praça João Stivel de Nova Veneza.

Neste ano, o tema é “Um Dia em Veneza”, com o propósito de fazer os visitantes se sentirem na cidade do Vêneto.

Moradores da comunidade de Nova Veneza vestidas com trajes típicos dos famosos gondoleiros venezianos, circulando pelo festival. Também haverá uma mostra de cinema italiano, com títulos cedidos pela Embaixada da Itália, e sessões gratuitas para o público. Outra novidade será uma exposição fotográfica do Carnaval de Veneza, assinada pelo paraibano Francisco Andrade.

“O evento surgiu para valorizar nossos costumes e, através dela, as gerações mais novas estão resgatando suas origens. A cada ano, os moradores se envolvem mais da festa”, disse a presidente da comissão organizadora do evento, Hermione Stival.

Segundo a organização do festival, a cidade espera receber mais de 100 mil visitantes. Nova Veneza possui pouco mais de 13 mil habitantes.

Localizada a 44 quilômetros de distância de Goiânia, cerca de 60% dos moradores da cidade têm ascendência italiana. Só no ano passado, a iniciativa movimentou R$ 2 milhões na cidade. Em 2018, a estrutura do Festival Italiano de Nova Veneza crescerá em 30%. Serão mais expositores com atrações e pratos para os visitantes.

Serviço:

Festival Italiano de Nova Veneza
Data: 
de 7 a 10 de junho
Local: Praça da Matriz de Nova Veneza, a 44 km de Goiânia
Entrada: gratuita

Programação:

Dia 7 de junho

  • 5h30 – Alvorada festiva em comemoração à 14ª Edição do Festival Italiano
  • 19h – Santa Missa: Matriz Nossa Senhora do Carmo
  • 19h – Abertura das cantinas
  • 20h30 – Abertura Oficial (Praça da Matriz) – Apresentação de Weber e Alex, os tenores de Nova Veneza.
  • Mostra de fotografias “Cenas Venezianas” por Francisco Andrade
  • 21h – Exibição do filme “Smetto quando voglio, di Sidney Sibilia”, no Centro Cultural Pedro Peixoto
  • 22h – Apresentação solo com Gabrielle
  • 22:10h – Apresentação solo com Amanda Diovana
  • 22:30h – Apresentação solo com Isadora Cruz
  • 23h – Show com João Flávio, cantor goiano que fará apresentação de grandes clássicos românticos que foram sucesso nos anos 50, 60 e 70
  • 2h – Encerramento

Dia 8 de junho

  • 19h – Abertura das cantinas com músicas italianas
  • 20h – Banda Sinfônica Instituto Gustavo Ritter
  • 20h30 – Exibição do filme “Fuocoammare, di Gianfranco Rosi”, no Centro Cultural Pedro Peixoto
  • 21h – Apresentação Coral da Escola Municipal Tereza Zanini Peixoto
  • 21h20 – Apresentação Coral Arcobaleno – Escola Arco-Íris e Colégio Razão
  • 21h45 – Apresentação Grupo de Dança Escola Municipal Tereza Zanini Peixoto
  • 22:20h – Apresentação Grupo de Dança Escola Arco-Íris e Colégio Razão
  • 22:30h – Apresentação Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro, de Santa Catarina
  • 23h – Show com Tony Angeli
  • 2h – Encerramento

Dia 9 de junho

  • 9h – Campeonato de jogo de bocha
  • 11h30 – Abertura das cantinas com apresentações culturais, musicais e artísticas
  • 12h – Apresentação grupo de dança Cmei Tereza Zanini Peixoto – Bambini di Venezia
  • 12h – Apresentação Grupo de Dança Escola Municipal Tereza Zanini Peixoto
  • 13h – Apresentação solo Luana Souza
  • 13h20 – Apresentação do coral da Escola Municipal Tereza Zanini Peixoto
  • 13h30 – Apresentação solo Maria Vitória
  • 13h40 – Apresentação solo Isadora Cruz
  • 14h – Apresentação do Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro, de Santa Catarina
  • 14h – Exibição do filme “Qualcosa di nuovo, di Cristina Comencini”, no Centro Cultural Pedro Peixoto
  • 15h – Show com Mário Wagner
  • 16h30 – Bate Papo com Francisco Andrade, fotógrafo pernambucano que idealizou o livro Cenas Venezianas, cuja exposição fotográfica leva o mesmo nome
  • 18h – Exibição do filme “Viva la libertà”, de Roberto Andò, no Centro Cultural Pedro Peixoto
  • 20h – Reabertura das cantinas com apresentações culturais, musicais e artísticas
  • 20h – Apresentação Coral Arcobaleno – Escola Arco-Íris e Colégio Razão
  • 20h30 – Apresentação solo Amanda Diovana
  • 22h40 – Apresentação Grupo de Dança Escola Arco-Íris e Colégio Razão
  • 21h – Apresentação solo com Ana Clara Costa Miranda
  • 21h30 – Apresentação com grupo Amici di Venezia
  • 22h – Apresentação do Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro, de Santa Catarina
  • 23h – Baile de Máscaras: Carnavale di Venezia com Banda Raízes de Veneza
  • 1h – Apresentação banda Raízes de Veneza
  • 2h – Encerramento

Dia 10 de junho

  • 10h – Torneio de cipó
  • 11h – Abertura das cantinas com apresentações artísticas
  • 12h – Apresentação grupo de Dança CEMEI Tereza Zanini Peixoto – Bambini di Venezia
  • 12h20 – Apresentação solo com Ana Clara Costa Miranda
  • 12h40 – Apresentação solo com Isadora Cruz
  • 13h – Apresentação solo com Jordana Felix
  • 13h30 – Apresentações do Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro
  • 14h – Show Valdir Amaral
  • 14h – Exibição do filme “La Mafia Uccide solo d’Estate”, de PIF, no Centro Cultural Pedro Peixoto
  • 16h – Show com Weber e Alex – Os tenores de Nova Veneza
  • 18h – Encerramento com panelaço e participação do Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro