O Napoli não teve aquela atuação de outros tempos, mais presente no início da temporada. Ainda assim, venceu a Udinese, por 1 a 0, neste domingo (26), pela 14ª rodada do Campeonato Italiano.

O gol do brasileiro naturalizado italiano Jorginho, em rebote do próprio pênalti, aos 33 minutos do primeiro tempo, manteve o time na liderança.

A Inter de Milão havia ocupado a primeira posição provisória desde a vitória sobre o Cagliari, no sábado (chegou aos 36 pontos), mas os napolitanos “recuperaram” a ponta (foram aos 38 e seguem invictos), ainda que não tenham jogado bem. A Udinese é a 14ª, com 12 pontos.

Na próxima sexta-feira (1), marque na agenda: duelo importante entre Napoli e a Juventus, atual hexacampeã, no San Paolo às 17h45 (de Brasília).

Roma e Milan tropeçam

Melhor ainda para o Napoli foi o empate da Roma com o Genoa, por 1 a 1, fora de casa. El Sharaawy abriu o placar aos 14 do segundo tempo, em assistência de Florenzi, e Lapadula igualou aos 25, em pênalti cometido por De Rossi – o volante acabou expulso por dar um tapa no próprio Lapadula no mesmo lance.

A Roma tem agora 31 pontos, mas com um jogo a menos. O Genoa é o 17º, com 10 pontos.

Quem também tropeçou foi o Milan, que ficou no empate por 0 a 0 com o Torino, no San Siro. Os Rossoneros têm apenas a sétima melhor campanha da Série A, com 20 pontos, um a mais que o Toro. (GE)