O escritor e poeta italiano Guido Ceronetti morreu nesta quinta-feira (13), aos 91 anos, na cidade de Cetona, região central do país, anunciou a editora Adelphi

Ceronetti, que também era dramaturgo, jornalista e tradutor, estava com a saúde fragilizada e não resistiu a uma broncopneumonia, pouco tempo depois de ter recebido alta do hospital em que estava internado.

Natural de Turim, Ceronetti vivia em Cetona, na Toscana, havia cerca de 30 anos, já que, segundo ele, o local era um refúgio para se dedicar especialmente à escrita. As autoridades da cidade lamentaram a morte do ilustre morador.

“A cidade de Cetona se une às condolências do mundo literário italiano pela morte de Guido Ceronetti, que faleceu nesta manhã em sua casa aos 91 anos de idade”, comunicou a prefeitura.

Entre as dezenas de obras publicadas pelo escritor, a última foi o livro “Messia”, lançado em 2017. O autor ainda é conhecido por ter fundado o Teatro dei Sensibili, no qual as peças eram protagonizadas por marionetes feitas por ele mesmo.

(Agência ANSA)