Comunità Italiana

Milão e Roma lideram consumo de comida japonesa na Itália

 

Por ocasião do “Dia Internacional do Sushi”, uma pesquisa da empresa de delivery “Just Eat” revelou que as cidades mais “japonesas” da Itália são Milão e Roma

O relatório foi elaborado com 12 mil usuários de 10 municípios italianos e demonstrou que os milaneses são os que mais consomem culinária japonesa. De acordo com os dados da “Just Eat”, os moradores de Milão já pediram, nos cinco primeiros meses de 2018, 13 mil kg de uramaki e 7 mil kg de niguiri, enquanto que os romanos solicitaram 9,5 mil kg e 7,2 mil kg dos mesmos pratos.

Em terceiro lugar está a cidade de Turim, com 3,4 mil kg de uramaki e 2,2 mil kg de niguiri, seguida por Gênova, Bolonha, Florença, Nápoles, Palermo e Verona. Contudo, ao analisar o crescimento de pedidos a domicílio, Nápoles está em primeiro lugar, com um aumento de 164%, seguida por Turim (+152%), Bari (+134%), Roma (+130%), Gênova (+85%) e Milão (+55%).

Quanto aos que fazem solicitações de entrega com mais frequência, o perfil é composto por pessoas de 25 a 35 anos, principalmente mulheres (60%). Além disso, a gastronomia asiática está entre as mais populares no aplicativo de comida, depois da pizza e do hambúrguer.

O “Dia do Sushi” é celebrado em duas datas diferentes: 18 de junho e 1º de novembro. A primeira possivelmente foi criada por Chris DeMay, administrador da página do Facebook “Sushi”, e a segunda, pelo site “SushiDay”.

O principal objetivo da celebração é dedicar o dia a comer sushi e comida japonesa. No Brasil, alguns estabelecimentos fazem promoções nessas datas para atrair o público.

(Agência ANSA)