Programa também avalia qualidade ambiental das marinas da Itália

Ligúria e Toscana são as regiões do país que contam com o maior número de certificados “Bandeira Azul”, um programa internacional de avaliação ambiental de praias e marinas organizado pela Foundation for Environmental Education (FEE). No total, a Ligúria, que fica no noroeste da Itália, ficou com a liderança, com 27 locais premiados. Enquanto isso, a Toscana está na segunda colocação, com 19 localidades.

Na sequência aparecem Campânia, com 18 lugares, sendo três desses novos (Piano di Sorrento, Sorrento e Ispani). Marcas, entretanto, foi ultrapassada e ficou na quarta posição, com 16 pontos. A lista é completada por Puglia (14), Sardenha (13), Abruzzo (9), Calábria (9), Vêneto (8), Lazio (8), Emília-Romanha (7), Sicília (6), Basilicata (4), Friuli-Veneza Giulia (2) e Molise (1).

Neste ano, o país alcançou a classificação em 368 praias – 26 a mais que em 2017 -, em 175 municípios costeiros – 12 a mais que no ano anterior -. Os números representam 10% das premiações mundiais concedidos pela fundação.

Para que uma praia ou marina receba o certificado, é preciso que a qualidade das águas seja “excelente”, o território seja bem administrado e que haja a promoção de um turismo sustentável e da educação ambiental.

(com informações da ANSA)