Kaká desembarcou em Milão na quarta-feira (29) para, inicialmente, conversar com Leonardo. O brasileiro voltará a se aproximar do Milan, clube onde foi eleito o melhor jogador do mundo em 2007, mas não sabe ainda qual será a sua função.

– Vi o jogo contra o Napoli (derrota por 3 a 2) e espero que a equipe possa fazer uma boa temporada. Falo bastante com o Leonardo pois somos amigos, mas ainda não discutimos o papel que eu vou ter no Milan – disse em sua chegada ao aeroporto.

Kaká, porém, tem um empecilho: quer estar perto dos seus filhos, Luca, de 10 anos, e Isabella, de sete.

– Agora a prioridade são meus filhos, que vivem no Brasil. Eu preciso estar com eles. Mas com Leo e Paolo (Maldini) eu posso ficar ainda mais perto do Milan.

Kaká aposentou-se dos gramados em dezembro do ano passado – na ocasião, disse que iria estudar para se tornar dirigente. Pelo Milan, marcou 104 gols em 307 jogos e conquistou cinco títulos, entre eles a Liga dos Campeões da temporada 2006/07.

– Eu quero entender o que eu gosto de fazer no futebol agora. Voltar ao San Siro para Milan x Roma será ótimo e espero que o Milan vença!

(GE)