Colomba pascal e ovos de chocolate foram os itens mais comprados

Os italianos gastaram mais de 1,2 bilhão de euros para o almoço de Páscoa. É o que informa a Confederação Nacional dos Cultivadores Diretos (Coldiretti).

Os principais alimentos comprados para a tradicional refeição da Páscoa foram a colomba pascal e o ovo de chocolate. A primeira foi escolhida por 57% das famílias. O segundo foi comprado por 49%.

Segundo os dados, seis em cada 10 famílias (58%) optaram por bolos caseiros típicos. De acordo com a tradição de cada região do país, como é o caso da Calábria, Puglia e Sicília.

A pesquisa também estima um consumo de 400 milhões de ovos durante a Semana Santa. Todos utilizados para a preparação de bolos e pratos caseiros visando a Páscoa. No entanto, a comida que mais representa o menu de Páscoa continua sendo o tradicional cordeiro.

Além disso, entre os “pratos mais populares” há também sopa de caldo de galinha e ovo cozido, pappardelle com molho de coelho, salame típico acompanhado de pizza de queijo, aspargos e outras iguarias.