Pesquisa revelou que só 14,1% da população usa ‘idiomas locais’

 

O número de italianos que falam dialetos locais novamente caiu e somente 14,1% da população continua usando os idiomas característicos de regiões da Itália em suas casas, informou o Instituto Italiano de Estatísticas (Istat, na sigla em italiano).

Em uma pesquisa realizada com cidadãos a partir dos seis anos de idade, em 2015, cerca de 27 milhões de pessoas, o equivalente a 45,9%, afirmaram usar mais o italiano, enquanto que 32,2% falavam dialeto e italiano e 6,9% usava outro idioma para se comunicar. Segundo o estudo, a disseminação de idiomas diferentes do italiano e do dialeto no contexto familiar registrou um aumento significativo, especialmente entre as pessoas de 25 a 34 anos de idade, de 3,7% em 2000, subiu 8,4% em 2006, e depois para 12,1% em 2015.

Neste período, o uso exclusivo do dialeto também diminuiu entre os italianos mais antigos, mesmo que continuem falando. Em 2006, 37,1% dos idosos usavam o dialeto. Já em 2017, o número caiu para 32%.  (ANSA)