O italiano Alessio Figalli, de 34 anos, venceu nesta quarta-feira (1), no Rio de Janeiro, a Medalha Fields, considerada o “Prêmio Nobel da Matemática”.

Figalli estudou em Pisa, na região central da Itália, e é desde 2016 professor do Politécnico de Zurique, na Suíça. “Este prêmio me dá muita alegria, é algo tão grande que eu acho difícil de acreditar que eu tenha recebido. É um grande estímulo para o futuro e me motivará a continuar trabalhando em meus setores de pesquisa para tentar produzir estudos do mais alto nível”, disse Figalli em entrevista à ANSA.

A premiação foi criada em 1936 e Figalli é o segundo italiano a receber a honraria. Em 1974, o matemático Enrico Bombieri foi condecorado com a Medalha Fields.

O prêmio é concedido a cada quatro anos pela União Internacional da Matemática (IMU), que é a organizadora do Congresso Internacional de Matemáticos (ICM). Nesta edição, o Rio de Janeiro está sendo a cidade sede e o evento ocorre até o dia 9.

 

(ANSA)