O regulador antitruste da Itália disse nesta quarta-feira (24) que multou a Apple e a Samsung Electronics em 5 milhões de euros cada após acusações de que as empresas utilizaram atualizações de software para reduzir o desempenho de seus celulares

Grupos de consumidores italianos reclamaram que as atualizações de software para smartphones reduziram a funcionalidade dos aparelhos e foram desenvolvidas para estimular clientes a comprar novos aparelhos.

O órgão antitruste disse em comunicado que algumas atualizações de ‘firmware’ da Apple e da Samsung “causaram graves disfunções e reduziram significativamente o desempenho, acelerando o processo de substituição”.

Ele acrescentou que as duas empresas não forneceram aos clientes informações adequadas sobre o impacto das atualizações de software “ou qualquer meio de restaurar a funcionalidade original dos produtos”.

A Apple reconheceu no ano passado que o software do iPhone teve o efeito de desacelerar alguns telefones com problemas de bateria, mas negou que já tenha tomado medidas para encurtar intencionalmente a vida útil de um produto.

A empresa pediu desculpas por suas ações e reduziu os custos de reposição de baterias. A fabricante também disse que atualizaria seu software para mostrar aos usuários o status de funcionamento da bateria de seus telefones.

As atualizações de software da Samsung para seus telefones não foram questionadas anteriormente.