Os bombeiros tiveram dificuldade em apagar o fogo na fábrica, por causa da falta de água

A fábrica da empresa ‘Eredi Bertè’ foi atingida pelo enorme incêndio que se alastrou pela área industrial de Mortara,  na região de Lombardia.

Segundo a Ansa, a empresa é responsável por reciclagem de materiais.

Por diversos quilômetros a cidade foi tomada por uma nuvem negra, devido ao incêndio.

Foi emitido um alerta de segurança para a cidade e a população dos municípios vizinhos pelas prefeituras das mesmas.

Segundo a Ansa, o recado oficial dizia para os moradores manterem s janelas fechadas e não comer os alimentos plantados no jardim.

Attilio Visconti é o prefeito de Pavia e esteve junto ao local coordenando a operação para o fogo ser apagado.

“A notícia que estou coletando não é muito reconfortante. O fogo está queimando tudo, incluindo borracha e plástico, e existe o risco de desenvolver dioxina, componente tóxico”, explicou.

A fábrica que foi incendiada recolhe o que foi eliminado de resíduos especiais, divididos em: “não perigosos” e “perigosos”.

Os bombeiros apagaram o fogo foi de maneira lenta pois houve um problema com o abastecimento de água.

De acordo com a Ansa, foi necessário sete equipes para combater as chamas.