Um imigrante da Guiné tentou esfaquear um policial em Milão, na Itália

Um homem de 31 anos foi visto com uma faca na área onde ficam os táxis e transportes para o aeroporto, agentes policiais se aproximaram, mas o imigrante reagiu. O agente conseguiu se proteger graças ao colete à prova de balas e sofreu apenas ferimentos leves. Autoridades afirmam que o objetivo do homem era embarcar em um ônibus turístico.

Ele não carregava documentos de identificação e estava alterado, de acordo com testemunhas o imigrante teria afirmado que “gostaria de morrer em nome de Alá”. Porém a polícia discorda que o acontecimento tenha relação com o terrorismo.

Após ser preso, o imigrante foi identificado como Saidou Mamoud Diallo, mas mais quatro identificações foram encontradas com ele, que já tinha registro na polícia por lesão, ameaças e resistência à prisão.