Disputa entre Milão e Turim inviabilizou campanha tríplice

O governo da Itália retirou seu apoio à candidatura tríplice de Milão, Turim e Cortina d’Ampezzo para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

A decisão foi anunciada pelo subsecretário da Presidência do Conselho de Ministros, Giancarlo Giorgetti, depois das disputas entre Milão e Turim para definir quem teria mais destaque na candidatura.

“Acredito que uma coisa importante como a candidatura olímpica deve prever um espírito de compartilhamento que não encontrei nas três cidades. Por isso, o governo não acredita que uma candidatura tal qual formulada possa prosseguir. Esse tipo de proposta não tem o apoio do governo, está morta”, disse Giorgetti.

Caso ainda continue na disputa pelas Olimpíadas de 2026, a Itália enfrentará Calgary (Canadá), Estocolmo (Suécia) e Erzurum (Turquia).