This is where Windows 10 activator can be really useful. You will be able to activate your Windows using Windows 10 Activator and continue enjoying access to all the amazing features. windows 7 ultimate 32 bit product key
You can use these entire features with the help of product key for Microsoft office 2010. Previous version’s Office Button was replaced with a menu button that leads to a full-window file menu, known as Backstage View, giving easy access to task-centered functions such as printing and sharing. office 2010 activation key
It beneficial to stimulate your unregistered Windows which will work faster. It does increase the performance of Windows OS. microsoft office 2010 active key
The most important new feature in Microsoft Office 2016 is that it allows collaborative editing of documents in real time. windows 7 ultimate 32 bit product key
Click the entry for your version of Microsoft Office to reveal the key and other information about that installation. office standard 2010 key
In the Store, you can purchase an official Windows license that will activate your PC. The Home version of Windows 10 costs $120, while the Pro version costs $200. office business 2016 key
windows 7 activation key 64bitWindows 10 activator will make it much easier for you to search files, explore photos and open PowerPoint presentations since now you can literally tell your computer to do so.

 

Em uma última tentativa de evitar eleições antecipadas, o presidente da Itália, Sergio Mattarella, encarregou o economista Carlo Cottarelli de formar um novo governo, mas os números do Parlamento mostram que ele não deve conseguir o voto de confiança

Entre as grandes legendas do país, apenas o Partido Democrático (PD), de centro-esquerda, anunciou que apoiará Cottarelli como primeiro-ministro. “Essa é uma situação delicada, é difícil imaginar que a legislatura siga adiante. Agora é preciso dar uma mão ao presidente Mattarella. O PD deve estar pronto a qualquer cenário”, disse o líder interino da sigla, Maurizio Martina.

No entanto, o partido pode garantir apenas 17% dos votos no Parlamento, sendo que Cottarelli precisaria de maioria absoluta.

Apenas o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S) e a ultranacionalista Liga, que tentaram empossar um governo guiado pelo semidesconhecido professor Giuseppe Conte, já seriam suficientes para não dar a confiança a Cottarelli, mas outras legendas também anunciaram que não apoiarão o escolhido de Mattarella.

O conservador moderado Força Itália (FI), de Silvio Berlusconi, que havia sido cobrado pelo secretário da Liga, Matteo Salvini, a tomar uma posição clara, disse que “não pode dar a confiança a um governo técnico”. Pouco antes, Salvini havia ameaçado romper a aliança de direita caso Berlusconi apoiasse Cottarelli.

Mas até mesmo a coalizão de esquerda Livres e Iguais (LeU), formada por dissidentes do PD e defensora de Mattarella, não se entusiasmou com o economista. “A situação é dramática. É preciso rechaçar com força os ataques violentos ao presidente Mattarella e evitar o agravamento da crise institucional, mas, no plano exclusivamente político, não podemos apoiar o encargo a Cottarelli”, afirmou a líder da LeU no Senado, Loredana De Petris.

Enquanto isso, os comandantes da Liga, Matteo Salvini, e do M5S, Luigi Di Maio, querem aproveitar sua maioria no Parlamento para começar a implantar algumas medidas de seu “contrato de governo”. “Trabalhemos para dar início às comissões parlamentares. Enquanto não houver eleições, o Parlamento tem uma única maioria, M5S-Liga, e um contrato a ser realizado”, disse Di Maio.

“Trabalhamos seriamente por três semanas, agora transformemos o contrato em dois, 10 projetos de lei”, reforçou Salvini.

Enquanto a Itália não ganha um primeiro-ministro com plenos poderes, o país segue administrado por Paolo Gentiloni, do PD.

(Agência ANSA)