Premier realizou a coletiva de imprensa nesta quinta-feira

O premier da Itália fez a tradicional coletiva sobre o governo em 2017 nesta quinta-feira (28) e afirmou estar orgulhoso pelo trabalho dele e de seus ministros e membros do Parlamento.

Segundo a Ansa, já é esperado que Mattarella anuncie hoje a dissolução das Câmaras e as novas eleições.

“Esse ano, além da coletiva tradicional de fim de ano, essa entrevista tem um significado particular. Sempre considerei um objetivo de meu governo chegar a um fim ordenado de minha legislatura. Temos consciência que não podemos continuar a ter fins bruscos de legislatura, especialmente dessa vez, onde o país estava retomando sua economia”, ressaltou.

“Mas, essa foi uma legislatura frutífera. Apesar de coisas estranhas que ocorreram ao longo do tempo, ela foi frutífera. Podemos sintetizar assim essa situação”, acrescentou.  .

O premier ressaltou os pontos positivos na economia com o seu governo.  “Podemos dizer que a Itália voltou à sua rota após enfrentar a pior crise econômica desde o fim da Segunda Guerra Mundial”, disse ainda.

“A próxima legislatura terá a função de continuar com essa retomada, produzir mais trabalho, reduzir as desigualdades. Na agenda não pode faltar a ambição de fazer as reformas”, destacou.

Gentiloni falou sobre o seu início no governo.

“Vocês sabem que meu governo, que começou há um ano, era quase impossível pensar que eu daria mais uma coletiva de imprensa. Meu governo fez poucos anúncios, mas isso não significa que tomou poucas decisões”, acrescentou.