Visitantes desembolsaram 39,1 bilhões de euros dentro do país

Um estudo realizado pelo Centro Internacional de Estudos sobre a Economia Turística (Ciset) indicou que os turistas estrangeiros que foram à Itália no ano passado gastaram mais dinheiro dentro do país do que em 2016.

O relatório apontou que os visitantes estrangeiros desembolsaram 39,1 bilhões de euros, quase três bilhões a mais do que o registrado em 2016 (36,4 bilhões de euros).

Ainda de acordo com o levantamento, o consumo dos turistas italianos em países estrangeiros também aumentou, com 24,5 bilhões de euros gastos. Em 2016, a quantia chegou em 22,5 bilhões.

Os dados foram apresentados durante a conferência “Itália e turismo internacional”, realizado na cidade de Veneza, no norte da Itália.

No evento, ainda foi discutido a evolução da Itália como destino turístico mundial e as características e comportamentos dos turistas que chegam na península.

(com informações da ANSA)