Desabamento da Ponte Morandi matou mais de 30 pessoas na Itália

A equipe do Genova cancelou o treinamento previsto para esta terça-feira (14), em razão da queda da Ponte Morandi. A tragédia deixou mais de 30 pessoas mortas em Gênova. Pelo Twitter, o técnico Davide Ballardini anunciou o cancelamento do treino e lamentou a “tragédia que atingiu a cidade”. A Sampdoria, outro time local, afirmou que o clube está “sem palavras” diante do ocorrido.

O técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, disse que Gênova e a Ligúria são “uma cidade e uma região que não merecem tudo isso”. O Milan, por sua vez, enviou uma mensagem às vítimas. “Estamos ao lado de todas as pessoas atingidas pela tragédia da Ponte Morandi, em Gênova. O nosso pensamento vai aos familiares das vítimas, aos feridos e equipes de resgate”, publicou o rossonero em suas redes sociais.

“A Itália e a cidade de Gênova estão enfrentando nestas horas uma grande tragédia. Desejamos expressar nossa proximidade aos habitantes da capital da Ligúria e às pessoas envolvidas no desabamento”, destacou a Inter de Milão.

(com informações da ANSA)