“Começa a terceira República, a República dos cidadãos”. Com estas palavras Luigi Di Maio, candidato a primeiro-ministro do Movimento 5 Stelle, deu início à nova fase política que se abriu na Itália depois da votação do dia 4 de março. É inegável que o resultado das eleições tenha revelado

Este conteúdo é restrito a membros assinantes do site. Se você é um usuário cadastrado, por favor faça login.

Quer fazer sua assinatura Comunità Italiana e ter acesso a todo conteúdo do site?

Então clique aqui e faça seu registro.

Login de Usuários