O último exemplar foi produzido no fim de julho, em Melfi

O Fiat Punto, um dos automóveis mais populares no mercado europeu, não será mais produzido na Itália. Após 25 anos de história e mais de nove milhões de unidades vendidas por todo o mundo, a FCA (Fiat Chrysler Automobiles) pôs fim à produção italiana do modelo no fim do mês de julho.

O Punto surgiu, originalmente, como sucessor do Uno, no qual seguiu sendo produzido em países como o Brasil. Mesmo depois de a Fiat ter deixado de produzi-lo na Itália. O estilista italiano Giorgetto Giugiaro foi um dos responsáveis pelo visual do modelo.

O sucesso do compacto foi responsável por renovações que criaram três gerações do modelo. A primeira, produzida de 1993 até 1999, chegou a ter 3,5 mil exemplares diários saindo da fábrica da Fiat, em Melfi. A segunda durou até 2005, ano no qual a marca lançou a terceira geração do compacto, descontinuada neste ano.

Um operário da fábrica de Melfi publicou uma foto com o último exemplar produzido. “Tiramos uma foto de grupo dizendo adeus ao último Punto, que fazia parte de um estoque final de pedidos”, disse Massimo Capano, em seu perfil no Facebook.

Com o fim da produção italiana do Punto, os trabalhadores da fábrica serão redirecionados à produção das linhas de montagem do Jeep Renegade e do Fiat 500X.

(com informações da ANSA)