Da esquerda para direita: o diretor artístico do evento, Claudio Baglioni, a atriz, modelo e cantora suíço-italiana Michelle Hunziker e o ator Pierfrancesco Favino

A organização do Festival de Sanremo, mais tradicional competição musical da Itália, confirmou nesta terça-feira (9) o trio de apresentadores de sua próxima edição, que acontecerá entre os dias 6 e 10 de fevereiro de 2018

Ao lado do diretor artístico do evento, Claudio Baglioni, que já havia sido anunciado em setembro, estarão a atriz, modelo e cantora suíço-italiana Michelle Hunziker e o ator Pierfrancesco Favino, um dos maiores astros do cinema na Itália atualmente.

“Que emoção, posso dizer que estou verdadeiramente explodindo de alegria”, afirmou Hunziker, acrescentando que deseja levar um momento “dedicado à feminilidade” ao festival. Até agora, não se sabe o nome dos artistas convidados para espetáculos em Sanremo, mas fala-se em Laura Pausini, Sting e Liam Gallagher. “Nós já os confirmamos, vamos ver se agora eles confirmam”, brincou Baglioni, também um cantor de longa carreira.

O Festival de Sanremo acontece anualmente no Teatro Ariston, situado na cidade homônima, na região da Ligúria.

O Festival

O Festival de Sanremo (oficialmente Festival da canção italiana; Festival della canzone italiana) é considerado um dos mais importantes eventos de musicais do mundo e talvez o mais importante da Europa, principalmente por sua longevidade. É realizado sem interrupção desde 1951, antes mesmo da chegada da televisão na Itália em 1955.

Apesar da premiação propriamente dita ter começado em 1951, a história do festival se inicia cinco anos antes em 1946, um ano depois do fim da Segunda Guerra Mundial. Um floricultor de Sanremo, Amilcare Rambaldi, propõe a realização de um festival anual de canções, mas devido a inúmeras dificuldades a ideia não foi aceita de imediato. San Remo é uma pequena localidade ao norte da Itália que vivia à época graças à plantação de flores.

Em 1951 o diretor do casino de Sanremo, Pier Busseti, reativa a ideia do festival. Um grande colaborador para o início do festival foi o maestro da RAI, Giulio Razzi.

No Brasil, o Festival foi apresentado durante muitos anos pelo cantor italiano radicado no Brasil Dick Danello, nas estações TV Manchete, Rede record, Rede Bandeirantes e CNT Gazeta.