O Festival de Sanremo, principal competição musical da Itália, terá uma mudança significativa: a partir da edição de 2019, não haverá mais a separação entre as categorias “campeões” e “novas propostas”

Segundo o diretor artístico do evento, Claudio Baglioni, ambas serão unificadas em uma única disputa, que, além de artistas já consagrados no cenário musical, terá a presença de dois competidores selecionados em uma prévia para menores de 36 anos.

Essa espécie de “pré-seleção” reunirá 24 cantores e ocorrerá entre 17 e 21 de dezembro, com o título de “Sanremo Giovani” (“Sanremo Jovens”, em tradução livre). “Isso permitirá que a rede amplifique seu empenho em favor da descoberta de jovens talentos da música italiana”, diz uma nota da emissora pública “Rai”, que transmite o festival.

A categoria “novas propostas” existia desde 1984 e revelou nomes como Eros Ramazzotti, Laura Pausini e Andrea Bocelli. O vencedor da última edição foi o rapper Ultimo.

(Agência ANSA)