Torcedores do Verona deram apoio em prol do líder nazista Adolf Hitler, através de canto e viraram caso de polícia na Itália nesta quinta-feira (13)

A Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) recebeu o vídeo que mostra a comemoração de uma organizada,  já foi entregue pela Digos uma notificação sobre a investigação à Procuradoria da República.

As imagens da festa, publicadas em uma página do Facebook, mostram  a celebração dos membros da Curva Sud junto com o coordenador do partido Força Nova, Luca Castellini, dentro do estádio Bentegodi no dia 1º deste mês.

“Quem permitiu essa festa, quem pagou tudo, que garantiu isso tem um nome: Adolf Hitler”, disse Castellini do palco. Os torcedores colaboraram cantando:  “Um time fantástico, feito na forma de uma suástica”.

Assim que foi divulgado, o vídeo causou revolta na Itália. O ex-candidato à prefeitura de Verona nas últimas eleições e conselheiro, Michele Bertucco, apresentou um pedido formal de análise no Conselho Municipal da cidade.

“São comportamentos humilhantes seja para a cidade, que teve sua história recente marcada também por delitos que tiveram como base a ideologia da direita racista e xenófoba, seja pela própria sociedade esportiva do Hellas Verona, empenhada em um caminho de luta contra as imagens negativas que os grupos mais violentos da torcida jogaram contra o clube nas últimas décadas”, destacou Bertucco.