A negociação entre a Ferrero e a Nestlé é estimada em US$2 bilhões

A Ferrero está em negociação para comprar uma parte da divisão de doces e chocolates da Nestlé.

A companhia italiana estaria disposta a pagar US$ 2 bilhões por uma parte da empresa suíça, que incluiria marcas como a Butterfinger e Crunch.

De acordo com a Ansa, se a transação for concluída a Ferrero será a terceira maior produtora de chocolates nos EUA.

A marca Mars está segundo lugar e em primeiro a Hershey’s, que também havia se interessado na compra.

A primeira só abandonou a ideia com a compra da Amplify, dona das pipocas SkinnyPop, por US$ 1,6 bilhão.

Neste momento o único da Ferrero seria um fundo de private equity, mas não é a opção favorita.

Recentemente, a marca italiana ampliou seu mercado nos EUA, após comprar a marca de balas Ferrara Candy.

O resultado final deve ser apresentado no início de janeiro e a finalização da operação deve ocorrer em março.

A Nestlé afirmou que a decisão de venda seria uma tentativa de atender “às exigências mais saudáveis dos consumidores”.