Mostra conta com mais de 70 obras de artistas renomados

DA ANSA

A Itália recebe, pela primeira vez, uma exposição com mais de 70 obras de arte moderna de pintores e escultores brasileiros. A mostra, intitulada “Arte Moderna no Brasil – Coleção da Fundação Edson Queiroz”, foi inaugurada na última sexta-feira (2), em Roma, e ficará em cartaz até 5 de maio, na sede da embaixada brasileira, na Piazza Navona, com entrada gratuita.

As obras foram selecionadas do acervo Fundação Edson Queiroz, com sede em Fortaleza, criada pelo industrial Airton Queiroz. Toda a coleção cobre quatro séculos de produção artística brasileira, com obras de Candido Portinari, Alfredo Volpi e Hélio Oiticica, passando por Sérvulo Esmeraldo, Antonio Bandeira, Alberto da Veiga Guignard, entre outros”.

A embaixada do Brasil em Roma tem a honra de apresentar, pela primeira vez na Itália, a mostra “Arte Moderna no Brasil – Coleção da Fundação Edson Queiroz”, anunciou a sede diplomática, em um comunicado. A curadoria da mostra é de Regina Teixeira de Barros.

A exposição retrata, entre outras coisas, os “anos heroicos” do Modernismo brasileiro de 1920, período de tentativas de renovação estética, até 1930 e 1940. A mostra é um projeto itinerante que percorreu várias cidades do Brasil em 2015 e esteve recentemente em Lisboa, Portugal.